Roer as unhas

22:24:00

Parece incontrolável. Pode acontecer durante um filme de suspense, antes de uma prova ou à espera de um telefonema importante. O caso é que, quando você se dá
conta, está com a mão na boca devorando todas as unhas. E por mais que ouça broncas do tipo "pare de roer essas unhas", você não consegue dar folga para seus dedos. Resultado: 
as mãos ficam horríveis. Além disso, esse mau hábito pode facilitar a entrada de diversas bactérias em seu organismo. Não está na hora de tentar parar?


Parar de roer unhas envolve bastante disciplina e força de vontade. É preciso ficar constantemente atento para não se deixar levar pela tentação de roer as unhas.

Isso porque esse hábito é compulsivo, ou seja, difícil de ser controlado. Muitas vezes, a pessoa nem percebe que está atacando as unhas e quando se dá conta é muito tarde: o dedo já está destruído, freqüentemente com sangramentos e inflamações.

Os psicólogos afirmam que roer as unhas, na maioria das vezes, funciona como uma espécie de alívio inconsciente para sentimentos como ansiedade e insegurança.

Essa mania, que é chamada cientificamente de onicofagia, costuma começar na infância e pode se estender por toda a idade adulta. E ela não escolhe sexo, sendo comum em homens e mulheres.

Deve-se lembrar que as unhas roídas não são apenas esteticamente condenáveis (afinal, as mãos perdem todo seu encanto).

Como a pessoa passa o dia com os dedos na boca, dá para imaginar a enorme quantidade de micróbios e bactérias que ela está ingerindo constantemente.

Além disso, os "roedores" ficam suscetíveis a contrair micoses nos dedos. Estas não são razões suficientes para tentar domar esse vício?



Controle é fundamental

Uma vez decidido a parar de destruir as unhas, procure seguir alguns procedimentos que poderão fazer com que você abandone esse terrível hábito.Primeiro, tente identificar os momentos em que você leva as mãos à boca: se é quando está tenso, ansioso, depressivo, cansado, distraído, triste ou, até mesmo, alegre.Nesses momentos - e quando sentir o impulso de roer - tente relaxar. Alguns exercícios de respiração funcionam como um bom alívio para as tensões.Por exemplo: respire lentamente, inspirando o ar em quatro tempos e expirando em cinco. Com esse exercício, você promoverá um aumento de oxigenação e aliviará sua ansiedade.


Outras dicas



Pintar as unhas de vermelho, no caso das mulheres, ou manter um chiclete na boca podem até servir como paliativos. Muitas pacientes também experimentam as unhas postiças na fase em que buscam conquistar mais segurança, porque a maioria rói até o esmalte 


Eu tenho vontade de fazer esse post a muito tempo porque eu tenho esse vício.
E na verdade não é roer as unhas e sim uma única unha, acreditem rs
Na minha infância ela chegou até a inflamar. Quando eu percebo ela já está na boca

E a solução pra mim é manter a unha pintada!! 

E você, tem ou já teve o hábito de roer as unhas?







Fonte:jnjbrasil

You Might Also Like

15 comentários

  1. Nunca imaginaria que você rói unha! Eu parei de roer faz um bom tempo, mas em compensação, vivo roendo as pelinhas todas... resultado = cutículas podres e geralmente arranco quase até sair sangue... Na verdade só consegui parar de roer unha usando aquele liquido com gosto ruim da avon, aí pinto sempre pra não ficar com elas a mostre e não cair em tentação! hahahha Bj

    ResponderExcluir
  2. boas dicas,nunca tive este habito!
    bom fds
    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Ai Dea...

    tenho fases... de controle... mas qdo o bicho pega, lá tow eu roendo...

    O paliativo é pintar mas é bacana identificar a causa disso (não descobri e acreditoq cada um tenha seu gatilho)

    bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi Dea!
    Eu tinha esse hábito desde criança, até agora na idade adulta... meu marido vivia implicando, reclamando quando olhava para minhas mãos. Ele acha horrível unhas roídas, e tem toda razão rs. Até que eu resolvi usar os "esmaltes" da marca SALLY HANSEN (http://sallyhansen.com/). Eles tem produtos que fortificam e ativam o crescimento das unhas em uma rapidez impressionante, uma maravilha. Vale muuuuito a pena tentar, os resultados são excelentes! E foi assim que eu deixei essa mania... unha roída nunca mais;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Obrigada pela visita.

    essa coisa de roer unhas é terrível, minha filha tinha esse vício, era uma locura,eu passei até esmalte de pimenta para ver se parava, não adiantou, só parou mesmo quando começou a postar sobre esmaltes no blog dela, ai teve que deixar-las crescer e hoje tenha unhas lindas.

    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Meu namorado eh assim, tem os dedos todos feridos de tanto que roi as unhas... pior que ele tenta melhorar, mas a situacao eh feia demais... a ansiedade acho que eh tanta que nao consegue controlar.

    Kisu!

    ResponderExcluir
  7. Graças a Deus nunca tive esse hábito!
    Acho um horror!
    Bjkitas e bom fim de semana!!! Tatty


    http://www.suspirofashion.com/

    ResponderExcluir
  8. Ai dea eu tb roo as unhas principalmente qd to nervosa,mas eu tento pintar sempre as unhas isso me ajuda bastante bjusss

    ResponderExcluir
  9. oláá
    retribuindo a visitinha
    Nossa , eu roia tanto q chegava a sangrar!!!
    Mas consegui parar!!! Foi difícil

    bju bju bju
    Bom FDS
    brincandodesemaquiar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Dea!!!
    Quando era bem pequena tive esse péssimo hábito. Acho um horror e bem nojento tb...

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Desde que me lembro, de criança à idade adulta, sempre roí unhas... E até sangrar...! Uma loucura antropofágica! Ou melhor, autofágica.
    Não tenho vergonha em dizer que parei porque doía para digitar.... rsrsrs! Trabalho, muita pesquisa e digitação, nem lembro quando deixei de roer unhas... Mas, entendo: pura ansiedade!

    ResponderExcluir
  12. Nunca tive esse hábito de roer unhas mas as cuticulas sim! Como tenho muito nojo de mãos sujas ( e quase sempre estão ainda que não percebamos), isso ajuda muito no controle. Lavo muito as mãos e as hidrato constantemente tb. Unhas sempre feitas tb evitam, pois as cuticulas ficam mais controladas. Bjn...

    ResponderExcluir
  13. aaah dea, nem me fale... eu me acho tao mulambenta quando vou malhar, mas os outros dizem que parece que vou pra festa, enfim, um dilema!!! Nao sei viver sem minha make marcada, minhas pulseiras, brincos, bolsa e um par de salto..rssss


    bjooooooos

    ResponderExcluir
  14. Dea.
    eu tenho uma irmã que roe ate hoje e tem mais de 40 anos.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  15. Oi Dea!!!

    Este post é muito para mim! rsrsrs afff... Preciso urgentemente parar de roer as unhas! O pior é quer eu rôo desde uns 3 aninhos de idade, mas já parei ao longo de minha vida até aqui (37 anos que tenho), umas 5 vezes pelo menos... Envolve muita, mas muita força de vontade mesmo! É pura anisedade, no meu caso, mas tem sim uma pitada de hábito (ruim, né), no meu caso...

    Bom, hoje (29/08/2011), é meu último dia tomando coca cola zero, e outros refrigerantes. Então, um passinho de cada vez, já que eu estava absolutamente viciada em coca zero. devagar eu chego lá!

    Bjs!!!

    Claudia Paiva (Anunciando e Reciclando)

    http://vendertrocar.blogspot.com

    ResponderExcluir

♥ Bem-vindos novos e velhos amigos!!

Flickr Images

Facebook